segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Tertúlia "2012" no Espaço Mangala

Na próxima quinta-feira, dia 29, há tertulia no Espaço Mangala às 21 horas com a Sandra Costa e um convidado especial. O tema é 2012.

"Em mais uma viagem, num ambiente descontraído, familiar e divertido vai-se realizar no dia 29 de Dezembro pelas 21 horas no Espaço Mangala. Desta vez o tema escolhido é o 2012. Acompanhados de um chá, convido-vos a fazerem parte desta última Tertúlia de 2011" Sandra Costa

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

"Será que a ASAE deixa?" - Em Paredes, dia 17

“Será que a ASAE deixa?”

Como apoiar a produção local e o comércio de proximidade?



 “Como apoiar a produção local e o comércio de proximidade?” é o tema de uma sessão de esclarecimento que decorrerá no próximo dia 17 de Dezembro, entre as 15:00 e as 17:00 horas, no auditório da Junta de Freguesia de Castelões de Cepeda (Academia de Música de Paredes).

A iniciativa, promovida pela "Paredes em Transição – Associação para o Desenvolvimento Sustentável de Paredes" com o apoio da Junta de Freguesia de Castelões de Cepeda e da Associação Empresarial de Paredes, conta com a participação da ASAE e das Finanças.

O desconhecimento das leis e dos regulamentos, e dos métodos de actuação da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, bem como as exigências fiscais, acabam, muitas vezes, por funcionar como um obstáculo ao desenvolvimento da economia local.

Esta sessão de esclarecimento procurará dar resposta a questões que se colocam aos "pequenos" produtores locais e a todos aqueles que lidam com produtos alimentares, querendo, também, contribuir para o desenvolvimento de uma economia local forte e resiliente.

Nesta sessão de esclarecimento poderá encontrar resposta a questões como:
  • “Poderei obter alguma receita adicional com a produção do meu quintal?”;
  • “Poderei valorizar a minha produção frutícola através de métodos de transformação tradicionais?”;
  • “Poderei obter alguma receita suplementar com a criação dos meus animais?”
  • “Como gerente de restaurante, poderei comprar produtos directamente ao produtor local, ou usar produtos do meu próprio quintal?»
Fonte: e-mail enviado por Paredes em Transição (press release)

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Grupo Famalicão em Transição - ponto da situação


Apresentação

Somos um grupo de cidadãos do Concelho de Vila Nova de Famalicão empenhados em ajudar a consciencializar os nossos conterrâneos no sentido de uma vida mais sustentável e em sintonia com a natureza e a comunidade, e a actuar em conformidade. 

Queremos que Vila Nova de Famalicão progressivamente se torne mais sustentável e resiliente (resistente aos impactos externos), e ponderamos integrar em breve a rede Transition Network, já disseminada pelo mundo. 

Partilha de informação global (redes alargadas)

A rede Transition Network começou na cidade de Totnes (Inglaterra) em 2006 (ver aqui um resumo do que já conseguiram) e espalhou-se já por todo o Reino Unido, Irlanda, Europa, América e Austrália. O seu objectivo é preparar as comunidades para enfrentarem os emergentes e graves problemas resultantes do pico do petróleo e das alterações climáticas através da dinamização de uma economia localizada e da integração de todos os actores locais (cidadãos, associações, empresas e mesmo governos locais),de forma a minimizar os efeitos nefastos dos seus impactos. Os princípios em que se baseia esta rede podem ser lidos aqui.

Cada comunidade que adere à rede ou à ideia, e nas mais diversas escalas  - desde a pequena aldeia até à grande cidade -  partilha experiências e conhecimento de forma a que todos possam contribuir para uma sociedade e economia local mais resiliênte, menos dependente do petróleo, mais interventiva e protectora do ambiente, bem como mais solidária. A criatividade e a inclusão são factores chave neste processo.


Em Portugal existe também uma rede de partilha de informação das iniciativas de Transição - a Rede Transição e Permacultura Portugal, já com mais de 3 mil membros.

Partilha de informação entre o grupo de Famalicão

Divulgamos as nossas actividades e temas de interesse local relacionados com sustentabilidade aqui neste blogue "Famalicão por um Mundo Melhor" (já recomendado pelo Biosfera), e também a página do Facebook Famalicão em Transição 

Mais vocacionado para a troca de informação e ideias entre os membros do grupo, foi criado o Fórum "Transição em Vila Nova de Famalicão". 

No entanto, a actividade no fórum tem sido um pouco reduzida, pelo que recentemente foi criado o grupo "Famalicão em Transição" dentro da rede Transição e Permacultura Portugal, e com o mesmo objectivo; a ideia é verificar se esta interface será mais fácil de utilizar, e posteriormente escolher qual a plataforma a utilizar para a troca de informação.

Actividades 

Mesmo ainda antes de nos intitularmos  como "Grupo Famalicão em Tansição" (o que aconteceu em Julho passado), temos vindo a promover eventos de sensibilização para a mudança:

1 - Participamos na coordenação do "Projecto Limpar Portugal" (20/03/2010) a nível concelhio. Tivemos a colaboração da Câmara Municipal, das Juntas de Freguesia, dos Escuteiros, de várias associações e empresas, e de cerca de 1400 famalicenses que participaram e recolheram mais de 700 toneladas de lixo das nossas florestas. Aliás, um dos elementos do nosso grupo (Nuno Mendes) foi um dos três mentores do projecto a nível Nacional.


2 - Organizamos a "Caminhada pelo Clima Famalicão" (10/10/2010) pela cidade, integrada no Movimento Internacional de Acção Climática 350 (Dia de Acção Climática 2010), em que participaram cerca de 400 pessoas. Tivemos o apoio da Câmara Municipal, da ACIF e de várias empresas locais.


3 - Promovemos a "Palestra sobre Transição para a Sustentabilidade" (17/06/2011), com o impulsionador do movimento de Transição em Paredes, o biólogo Miguel Leal, e que contou com a presença de cerca de 30 pessoas.



4 - Organizamos o "Encontro com o Planeta em Famalicão" (24/09/2011), integrado no Dia de Acção Climática 2011 - Moving Planet, onde apresentamos o filme "HOME - O Mundo é a Nossa Casa", na Fundação Cupertino de Miranda, que apoiou o evento, assim como empresas locais da área alimentar que forneceram os produtos para o lanche.

5 -  Co-organizamos, juntamente com o Núcleo do Porto da Quercus, a workshop "Introdução à Permacultura - Oficina Espiral de Ervas" (06/11/2011), com o Eng. do Ambiente Ricardo Marques, na Escola Secundária Camilo Castelo Branco, e com o apoio da mesma, em que participaram 25 pessoas  (as inscrições ficaram lotadas 3 dias após a divulgação).


Projectos futuros

São muitas as ideias que fervilham neste grupo com o objectivo de ajudar a contribuir para uma localidade, freguesia, cidade ou concelho mais sustentáveis e resilientes. Precisamos de atribuir um certo ritmo às nossas reuniões, bem como alargar o grupo a mais pessoas e entidades, de modo a podermos encontrar e seleccionar rumos e prioridades, bem como estabelecer um plano de acção.No entanto, temo-nos deparado com a dificuldade da falta de um local para nos reunirmos. Dificuldade essa que esperamos resolver em breve.

Porque este é um movimento inclusivo, de pessoas e para as pessoas, precisamos de si, da sua criatividade, do seu contributo, dos seus conhecimentos, e sobretudo, do seu entusiasmo.  


Junte-se a nós e participe! 


terça-feira, 29 de novembro de 2011

Plano de Urbanização da Devesa - Discussão Pública

Começou ontem o período de discussão pública da proposta para o Plano de Urbanização da Devesa, que terá a duração de 30 dias. Conforme publicado no Aviso  n.º 22877/2011 do Diário da República, 2ª série, de 21/11/2011:

"Estarão disponíveis para consulta a proposta do Plano e o Relatório da Avaliação Ambiental Estratégica. Todos os interessados poderão formular as suas sugestões através de impresso próprio disponível no Departamento Municipal de Planeamento e Gestão Urbanística ou sob a forma electrónica na página da Internet da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão (www.cm-vnfamalicao.pt). Quaisquer esclarecimentos deverão ser solicitados directamente junto dos serviços técnicos na Divisão Municipal de Planeamento Urbanístico, através do fax n.º 252318761 ou ainda por correio electrónico: planeamento.urbanismo@vilanovadefamalicao.org . "

Os elementos principais do Plano encontram-se online em: http://www.vilanovadefamalicao.org/_plano_de_urbanizacao_da_devesa


domingo, 27 de novembro de 2011

1º Passeio Massa Crítica em Famalicão

Ocorreu na passada sexta-feira, dia 25/11/2011, o primeiro passeio Massa Crítica em Famalicão, organizado pela Associação Amigos do Pedal. Muitas dezenas de pessoas participaram neste passeio urbano de bicicleta, apesar de ser noite e de estar frio, e tudo correu lindamente! 

Os passeios Massa Crítica pretendem sensibilizar para formas de mobilidade e meios de transporte mais sustentáveis, e continuará a ocorrer na última sexta-feira de cada mês, partindo, no caso de Famalicão, às 21:30.

Ver a reportagem no site dos Amigos do Pedal 

sábado, 19 de novembro de 2011

Massa Crítica em Famalicão - Dia 25 de Novembro


O movimento Massa Crítica chega a Famalicão, e começa com um passeio de bicicleta na próxima sexta-feira à noite, dia 25 de Novembro de 2011 com organização dos Amigos do Pedal, de cujo site foi transcrito o texto que se segue:

"Já existem em mais de 350 cidades de todo o mundo um movimento chamado Massa Critica. Está na hora de Famalicão engrossar esse numero, assim todas as sextas-feiras de cada mês saira da Praça Cupertino Miranda pelas 21 horas um passeio pelas ruas da cidade.

Para os que vivem mais longe espera-se cerca de meia... É melhor trazerem capacete,  luzes, à frente e atrás, e reflectores nas rodas 

Pretende-se com este movimento por um lado sensibilizar das vantagens do uso da bicicleta no dia a dia, por outro lado habituar os automobilistas a respeitarem quem usa este tipo de veiculo. "

O que é a Massa Crítica? Aqui fica a descrição, do respectivo site:

"Uma Massa Crí­tica (MC) é um passeio no meio da cidade feito em transportes suaves. Realiza-se sempre na última sexta-feira de cada mês às 18h00, partindo de um local pré-determinado.

As MC também são conhecidas nos países lusófonos como "Bicicletada" porque a maioria dos participantes desloca-se em bicicleta. No entanto o termo "Massa Crítica" é mais apropriado porque encoraja a participação de pessoas que se deslocam de outras formas suaves: patins, skate, trotinete, etc

Para lá das motivações pessoais de cada participante, a MC é uma celebração da mobilidade suave que permite aos ciclistas circular com mais segurança e facilidade, marcando a sua presença no espaço público e tornando-a visível pelo número e densidade da concentração.  Esta "segurança através da quantidade" torna-a uma excelente forma de iniciação à utilização de veículos suaves em espaço urbano.

O termo "massa crítica" refere-se à situação comum na China em que quando um ciclista pretende, por exemplo num cruzamento, atravessar por entre uma linha de tráfego para seguir o seu caminho, espera, então que se junte a ele um grupo numeroso de outros ciclistas que queiram ir no mesmo sentido, para então atingindo-se o número de pessoas suficientes possam então dar seguimento ao seu sentido de circulação."


Massa Crítica de Portugal no Facebook - aqui

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Presentes de Natal feitos cá


Hoje chegou-me um e-mail com um conselho para tempos de crise, que na sua simplicidade, e em poucas palavras, diz muito! Mais do que uma atitude para épocas de crise, trata-se de um dos fundamentos da transição para a sustentabilidade. Por isso, decidi partilhá-lo:

"Vamos comprar os presentes de Natal através de pequenos empreendedores: a vizinha que vende doces caseiros, o artesão que faz bijutaria, a nossa amiga que vende pela internet, a avó que faz malinhas em tricôt ou aquele artista que pinta quadros, etc...

Façamos com que o nosso dinheiro chegue a pessoas comuns e não às grandes multinacionais. Assim também estaremos a contribuir para que mais alguém tenha um Feliz Natal"

Desafio os leitores deste blogue, do Concelho de Vila Nova de Famalicão ou de perto, que possam fornecer presentes de Natal locais e artesanais, a deixarem as suas propostas e contactos em comentários neste blogue.

A intenção será colocar nesta página as sugestões, links e contactos de produtos locais de pequenos empreendedores da nossa terra.

Indique a sugestão, link e/ou contacto nos comentários desta mensagem, da página referida, ou envie a sugestão, link e/ou contacto para famalicaom@gmail.com

domingo, 13 de novembro de 2011

Introdução à Permacultura - Oficina Espiral de Ervas

Estas são algumas imagens da Oficina de Introdução à Permacultura, que ocorreu no passado Domingo dia 6 de Novembro, na Escola Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão, uma iniciativa do Grupo Famalicão em Transição, com a colaboração da Quercus. 

Felizmente, o número de inscrições esgotou logo nos primeiros dias após a divulgação! Por outro lado, foi pena haver tantas pessoas que queriam participar e não puderam. Quem sabe assim não se faça em breve uma segunda oficina de permacultura, em breve.

Nas palavras do formador, Ricardo Marques, "Estava um grupo mesmo excelente, a parte teórica foi muito mais uma tertúlia/debate do que uma aula, foi giro!". Após a  referida parte teórica, a espiral foi construída junto à horta/jardim da Escola. Claro que com o workshop superlotado, houve mais pessoas que trabalho. O interesse no tema foi tal, que o Ricardo teve de continuar com a formação mesmo durante o lanche. A brochura pode ser vista e descarregada aqui.

Os agradecimentos à Escola Secundária Camilo Castelo Branco, ao Núcleo do Porto da Quercus, e a todos quantos ajudaram na logística para esta acção.





















sábado, 29 de outubro de 2011

Curso de Iniciativas de Transição, Sintra

No mês de Setembro participei no Curso de Iniciativas de Transição, em Sintra. Vejam a reportagem de Miguel Leal, que também lá esteve, no blogue Paredes em Transição.

Foi uma fantástica experiência, quer a nível de aprendizagem, de interação e convívio. Aprendemos não só a Transição Exterior, como praticamos a Transição Interior. A partilha de alimentos e de trabalho foi uma excelente ideia que incorpora já a verdadeira prática de Transição.

Abraços grátis em Famalicão

Um grupo de alunos da Escola Secundária Camilo Castelo Branco distribuiu Abraços Grátis em Famalicão. Abraços Grátis (Free Hugs Campaign) é um movimento social em que pessoas oferecem abraços a estranhos em locais públicos. O objectivo é fazer com que as pessoas se sintam melhor e mais conectadas umas com as outras. A campanha começou em 2004 com o  australiano Juann Mann e tornou-se internacionalmente conhecida em 2006 através do do video da banda australiana Sick Puppies.  Em Vila nova de Famalicão, foi assim:

Em Fevereiro, na Escola:

Em Setembro, no Dia Mundial da Paz, na Feira:


E a reportagem da SIC:

sábado, 22 de outubro de 2011

Exemplo de integração - "Os 21 especiais"

Uma turma do 4º ano na EB1 São Cosme do Vale (Sede n.º 1) de Vila Nova de Famalicão, foi hoje notícia no primeiro jornal da SIC. No entanto, o trabalho que desenvolvem para a integração de 4 crianças mais especiais no seio de uma turma especial, já dura há 3 anos. O melhor é verem a notícia.

Os parabéns a todas as crianças da turma e aos educadores que tiveram a ideia e que a colocaram em prática. Um excelente exemplo de integração.



Mais notícias sobre o assunto em: RTP,  Visão, SIC, Sapo.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Introdução à Permacultura em Famalicão


Venha participar na construção de uma espiral de ervas em Vila Nova de Famalicão, e fique a conhecer a filosofia da Permacultura, numa actividade organizada pela iniciativa Famalicão em Transição em parceria com a Quercus, e que decorrerá no dia 6 de Novembro na Escola Secundária Camilo Castelo Branco.


PERMACULTURA significa “cultura permanente” e trata de planear habitats humanos sustentáveis. É uma filosofia e uma abordagem ao uso do solo que interliga clima, plantas, animais, solos, gestão da água e necessidades humanas em comunidades produtivas e eficientes.

Ricardo Marques, formado em Engenharia do Ambiente e Permacultura, irá conduzir esta a sessão de Introdução à Permacultura. Uma sessão que pretende interessar os vários participantes para esta abordagem explicando os princípios básicos sobre os quais ela se baseia e aplicando-os através da construção de uma espiral de ervas. Esta espiral ficará em permanência no local.

A espiral de ervas é uma peculiar construção tridimensional de terra que é basicamente uma floreira sofisticada para ervas aromáticas, ideal para ter junto a uma cozinha. Todas as ervas culinárias usuais podem ser plantadas numa espiral ascendente com 2 metros de diâmetro na base e 1 metro de altura. Esta estrutura fornece nichos com condições diferentes para várias plantas com exigências diferentes de luz, calor e humidade. A Espiral de Ervas é um elemento clássico da Permacultura pois interliga vários dos seus princípios.

Porque há muito para aprender e fazer em tão pouco tempo a sessão começará pontualmente às 14h30 pedindo-se aos participantes que não se atrasem. Venha preparado para mexer na terra. 

Preço: 9€ (incluí lanchinho e brochura)
Inscrição (obrigatória) - envie um e-mail para porto@quercus.pt ou ligue para 931 620 212

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Espiral de Ervas

Estamos a preparar um workshop / oficina de introdução à permacultura com a construção de uma espiral de ervas em Vila Nova de Famalicão. A data prevista é o dia 6 de Novembro, um Domingo à tarde.
O formador será Ricardo Marques, Eng. Ambiental e anterior dirigente do Núcleo do Porto da Quercus.

Em breve daremos notícias mais detalhadas, para já fiquem com o vídeo de uma oficina semelhante que ocorreu em Outubro do ano passado, na Maia, e em que participaram alguns elementos de Famalicão e de Paredes em Transição. Podem ver mais sobre a oficina aqui.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Microcrédito local

E se os bancos não fossem lucrativos? Provavelmente quem lucraria seria a comunidade! Vejam o exemplo, com a sua moeda local!

domingo, 25 de setembro de 2011

E assim foi o nosso Encontro com o Planeta!

Com o auditório, não cheio, mas bastante "composto", foi exibido o belíssimo e impactante filme HOME - O Mundo é a nossa casa". Depois, uma breve apresentação da Transição, com uma proposta de mudança para a sustentabilidade a nível local. E por fim, um saboroso lanche com produtos locais, bem como visita guiada à exposição "O Abstracto na colecção Fundação Cupertino de Miranda".

Os sinceros agradecimentos da equipa organizadora, parte do grupo Famalicão em Transição, a todos quantos estiveram presentes, incluindo o novo Vereador do Ambiente, Eng. Pedro Sena, cuja presença consideramos um bom augúrio para o Ambiente em Famalicão, e a quem deixamos os votos de bom trabalho e sucesso.

Agradecemos também, e em especial,  àqueles que permitiram a realização do evento, contribuindo gratuitamente e de boa vontade, nomeadamente:

À Fundação Cupertino de Miranda pela disponibilização do espaço, apoio e colaboração.
À Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão pelo apoio na divulgação e impressão de cartazes.
Ao Jornal Cidade Hoje pela publicação de notícia e divulgação do evento e da Transição.
Aos produtores locais que ofereceram os produtos para o lanche:
À Fundação Good Planet e à Zon-Lusomundo pela autorização de exibição pública do filme HOME