domingo, 22 de janeiro de 2017

"Antes do Dilúvio", registo da sessão Ambientar-se de 20/1/2017

Foi excelente a participação do convidado Dr. José Carlos Marques da Campo Aberto, e foi excelente a participação do público na sessão Ambientar-se  com o filme "Antes do Diluvio". organizada pela pela Associação Famalicão em Transição, dia 20 de janeiro de 2017.

José Carlos Marques apelou às emoções que o público sentiu com a visualização do filme ou com  a situação climática abordada. Diversas foram as emoções sentidas, desde o desespero, desistência ou pessimismo, até à esperança, confiança, vontade de agir e otimismo, levando a uma  troca de ideias muito positiva e enriquecedora.

Agradecemos ao Dr. José Carlos Marques por ter aceitado o desafio, e a todos os que participaram e contribuíram para uma comunidade famalicense mais "ambientada", esclarecida e interventiva, agradecemos à Câmara Municipal por ter tido e continuado esta iniciativa que, além de colocar o ambiente em destaque, permite o debate e contribui para o trabalho em conjunto das associações locais ligadas a temáticas ambientais.

Fica aqui o registo fotográfico (fotos de Diana Correia):












terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Curso avançado de Permacultura - Guimarães

Curso avançado de Metodologias de design em Permacultura
com Guy Miklos
Datas: 28/29 janeiro e  11/12 fevereiro, em Guimarães

«Se depois de fazeres um curso de design em Permacultura (PDC) sentes que gostavas de aprofundar os temas de planeamento, design e metodologias para conseguires fazer designs para ti ou para outros, este curso é para ti!

É o espaço/terreno que nos indica as melhores soluções para as nossas necessidades, quer seja no campo, na cidade, pequena escala ou grande escala. 

Se abraçarmos todas as capacidades do espaço/terreno, e distinguirmos as “vontades” das “necessidades” então uma boa solução vai surgir. As ideias devem então fluir naturalmente, sem imposição das nossas vontades!

Durante este curso vamos seguir uma abordagem sistemática sobre o design em Permacultura, aplicá-lo a um terreno que pode ser o teu ou de um colega de grupo. Se queres desenhar o teu espaço, traz para a primeira sessão em papel ou computador:


 foto do terreno do GoogleEarth
 foto do terreno do GoogleEarth com mais 1km de raio envolvente ao terreno
 todo o material topográfico que disponhas do terreno e arredores
 qualquer mapa da zona
 o máximo de fotos do terreno/espaço

Durante os 12 dias entre os fins de semana de curso, vai ser pedido que os participantes trabalhem nos designs escolhidos na primeira sessão. Os resultados desse trabalho serão o foco do último fim de semana.


Local: Guimarães, Quinta do Verdelho, uma quinta urbana em conversão para método de produção biológica (google maps).

Público alvo: Pessoas que tenham feito um Curso de Design em Permacultura (PDC, 72 horas) ou equivalente. 
Horário: 09h30 as 18h30 (Sábado e Domingo)
Investimento: 140 euros. Inclui: Formação certificada, estadia em regime de campismo, alimentação (refeições vegetarianas: almoços e lanches). 
Conteúdo:

 Agendamento
 Planeamento estratégico
 Alinhamento de processos
 Indicadores de desempenho
 Analisar prioridades no projecto
 Sequência dos trabalhos
 Especificação de cima p. baixo
 Refinamento iterativo
 Aplicação prática
 Gestão de incertezas
 Ler a paisagem/terreno
 Descoberta de exigências
 Diagramas analíticos
 Aplicação de padrões
 Planeamento do ponto chave (keyline)

A abordagem de Guy à permacultura é que o design sempre se desenvolve a partir de recursos da paisagem, seus arredores, a ecologia e as pessoas e evita linhas imponentes ou padrões impostos. Designs surgem, aprendendo a partir da observação e elaborando sobre o que a paisagem sugere.


Para inscrição e questões contactar: yassinebenderra@hotmail.com

Após inscrição iremos enviar os dados para pagamento através de transferência bancária de 50% do valor, os restantes 50% deverão ser pagos na chagada à Quinta do Verdelho.

É necessário o mínimo de 10 participantes para o curso avançar. E terá uma lotação máxima de 24 participantes. É possível acampar no local.»


Fonte: e-mail de Yassine Benderra e evento no Facebook

sábado, 7 de janeiro de 2017

Antes do Dilúvio, sessão Ambientar-se de 20/1


Na primeira sessão AMBIENTAR-SE de 2017, a Associação Famalicão em Transição propõe o tema das alterações climáticas - com o filme “Antes do Dilúvio"  (Before The Flood, Steven Fisher, 2016, 93 min).

A ciência é clara, o futuro, não!

É convidado para dinamizar o debate, um dos rostos da defesa do ambiente do norte de Portugal. José Carlos Marques, licenciadoem Filosofia, que participa em movimentos ecológicos em Portugal desde 1974, e um dos fundadores e atual membro da direção da a Campo Aberto – Associação Defesa do Ambiente.


ANTES DO DILÚVIO / BEFORE THE FLOOD

Dia 20 de janeiro de 2017, 21h30
Casa do Território, Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão. 
Participação livre e gratuita.


Sinopse:  «"Before the Flood", foca-se nos efeitos das alterações climáticas, e no que a sociedade pode fazer para evitar a extinção de espécies, ecossistemas e comunidades nativas em todo o planeta.
O documentário, realizado por Steve Fisher, acompanha a viagem de Leonardo DiCaprio, ator e Mensageiro da Paz da ONU, ao longo de três anos, que entrevista indivíduos de todas as faixas da sociedade, tanto em países em desenvolvimento como desenvolvidos, apresentando visões únicas, apaixonadas e pragmáticas, sobre o que deve ser feito hoje e no futuro, para impedir a ruptura catastrófica da vida no nosso planeta.»

As sessões AMBIENTAR-SE são uma parceria entre o Município de Vila Nova de Famalicão (Parque da Devesa) e associações locais ligadas à proteção do ambiente, que constam na exibição de um filme de tónica ambiental com debate no final.

Informações: 252 374 184 / parquedadevesa@vilanovadefamalicao.org /

Evento no facebook:   https://www.facebook.com/events/138061560024615/

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Devesa Esclarece: (Des)poluição do rio Pelhe

No próximo dia 12 de janeiro, inicia-se um conjunto de palestras com o título "Devesa Esclarece", cujo objetivo é sensibilizar e informar a população sobre temas relacionados com o ambiente, a biodiversidade e o desenvolvimento sustentável.

A primeira sessão é dedicada ao rio Pelhe, a linha de água que atravessa o Parque da Devesa.

Muito se tem feito para reduzir as suas fontes de poluição; no entanto, por vezes, este rio ainda é alvo de episódios de poluição, implicando a intervenção da Câmara Municipal.

Qual a origem desta poluição? Qual a responsabilidade das instituições e dos cidadãos? O que se pode fazer melhorar esta situação?  

Para esclarecer e responder a estas e outras questões, contaremos com a presença do Eng. Pedro Fonseca, Chefe da Divisão do Ambiente e Serviços Urbanos, do Município de Vila Nova de Famalicão.

Devesa Esclarece: (Des)poluição do rio Pelhe
Dia 12 de janeiro, 21 horas, na Casa do Território.  
Entrada livre

Esta iniciativa é promovida pelo Município de Vila Nova de Famalicão, através da Equipa Multidisciplinar de Gestão do Parque da Devesa, em parceria com a Divisão de Ambiente e Serviços Urbanos.

Fonte: https://www.facebook.com/parquedadevesa/photos/a.241751469181871.65085.238677992822552/1369588766398130/?type=3&theater

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Convívio de Natal 2016

No passado dia 28 de dezembro, ocorreu uma reunião (informal) e convívio de Natal dos sócios da Associação Famalicão em Transição, na sede da Associação Amigos do Pedal, que gentilmente nos emprestaram o espaço para o efeito, e que aqui publicamente agradecemos.

O convívio começou pelas 19h00 com o jantar partilhado, e os trabalhos da reunião começaram pelas 21h15 e terminaram pelas 23h15. No total, participaram 16 pessoas.

Falou-se da possibilidade de utilizar  um edifício em Antas, do plano de atividades para 2017, da data para a próxima Assembleia Geral (3/2/2017) e de outros assuntos. O resumo foi já partilhado com os sócios, e aqui, ficam algumas das fotos para recordar a ocasião: