segunda-feira, 11 de julho de 2016

"O lado negro do chocolate" - Sessão AMBIENTAR-SE 15/7

Participe na próxima sessão AMBIENTAR-SE, e saiba qual a relação entre o chocolate que consumimos, o trabalho infantil e o tráfico de crianças! Nesta sessão organizada pela Associação YUPI, em que são os convidados para dinamizar o debate, Miguel Pinto, da Associação Equação (Comércio Justo), e Pedro Jorge Pereira, Ativista Eco-Social, veremos o documentário:

"O lado negro do chocolate" (The Dark Side of Chocolate, 2010, 46 min)

Dia 15 de julho de 2016, 21h30, na Casa do Território, Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão.  Gratuito, entrada livre

Sinopse:
«O chocolate que consumimos é produzido com o uso de trabalho infantil e tráfico de crianças? O premiado jornalista dinamarquês, Miki Mistrati, decide investigar os boatos. Sua busca atrás de respostas o leva até Mali, na África Ocidental, onde câmeras ocultas revelam o tráfico de crianças para as plantações de cacau da vizinha Costa do Marfim. A Costa do Marfim é o maior produtor mundial de cacau, respondendo por cerca de 42 da produção. Empresas como a Nestlé, Barry Callebaut e Mars assinaram em 2001 o Protocolo do Cacau, comprometendo-se a erradicar totalmente o trabalho infantil no setor até 2008. Será que o seu chocolate tem um gosto amargo? Acompanhe Miki até a África para expor “o lado negro do chocolate”.»





As sessões AMBIENTAR-SE são uma parceria entre o Município de Vila Nova de Famalicão (Parque da Devesa) e instituições locais ligadas à proteção do ambiente, que constam na exibição de um filme de tónica ambiental com debate no final.

Informações: parquedadevesa@vilanovadefamalicao.org / 252 374 184
Sítio na Internet: www.parquedadevesa.com Página Facebook: https://www.facebook.com/parquedadevesa/

(publicação em simultâneo com Sustentabilidade é Acção)

Sem comentários:

Enviar um comentário