quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Feira de Produtos Biológicos no Dia da Floresta Autóctone

«No dia 23 de Novembro o Município de Vila Nova de Famalicão vai assinalar o dia da Floresta Autóctone, cujo objetivo principal é "a Preservação do que é nosso” .

A comemoração terá lugar na Praça Cupertino de Miranda ente as 10 e as 16 horas.

Os visitantes poderão fazer compras, diretamente aos produtores, na Feira de Produtos Biológicos, certos que os produtos adquiridos irão ajudar a preservar a sua saúde e bem estar e também irão estar a dinamizar a economia local.
Dando seguimento aos tons e sabores do Outono, também poderão fazer e saborear o Pão de Castanha, que será confecionado com artefactos arqueológicos, com o apoio do Gabinete de Arqueologia .
E nas oficinas “Pela floresta fora...”, dinamizadas pelo Projeto "Crescer com Ciência" convidam-se as crianças a descobrir algumas curiosidades sobre as árvores autóctones. Mas primeiro, terão de encontrá-las...para encanto dos pequenos cientistas.

Mas o que é uma Floresta Autóctone?
É uma floresta de árvores originárias do próprio território. Neste caso, a floresta autóctone portuguesa, é toda a floresta formada por árvores originárias do nosso país, como é o caso dos carvalhos, dos medronheiros, dos castanheiros, dos loureiros, das azinheiras, dos azereiros, dos sobreiros, etc.

Porque devemos dar importância às florestas autóctones?
•As florestas autóctones estão mais adaptadas às condições do solo e do clima do território, por isso são mais resistentes a pragas, doenças, longos períodos de seca ou de chuva intensa, em comparação com espécies introduzidas;
•Ajudam a manter a fertilidade do espaço rural, o equilíbrio biológico das paisagens e a diversidade dos recursos genéticos;
•As florestas autóctones fazem parte do nosso ecossistema. São importantes lugares de refúgio e reprodução para um grande número de espécies animais autóctones, muitas delas também em vias de extinção;
•As florestas autóctones exercem um importante papel na regulação e melhoria do clima, bem como no sequestro de carbono da atmosfera contribuindo para a redução do efeito estufa.
•Regulam o ciclo hidrológico e a qualidade da água, formam solo e servem ainda de matéria-prima a produtos fundamentais na vida quotidiana;
•As florestas autóctones, embora de crescimento mais lento, quando bem desenvolvidas, são normalmente mais resistentes e resilientes aos incêndios florestais.»

(Fonte: e-mail de Ana Silva, Departamento de Ambiente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão)

Sem comentários:

Enviar um comentário