sábado, 28 de abril de 2018

Parentalidade Consciente - Mikaela Övén

No passado dia 26 de abril, Mikaela Övén (Mia) esteve em Famalicão a falar de Parentalidade Consciente, no auditório da CESPU. Foi no âmbito das Jornadas Municipais da Educação, promovidas pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, numa parceria com a Associação Famalicão em Transição (Grupo
Educação em Transição).

Perante um auditório com perto de 300 pessoas, e depois da abertura pelo Vereador da Educação, Dr. Leonel Rocha, Mia defendeu uma educação em que o igual valor é fundamental, de modo que a criança tenha a liberdade de expressar as suas emoções e necessidades.  

Contou-nos também que depois da 2ª Guerra Mundial, uma universidade na Suécia, fez um estudo sociológico para responder à seguinte questão:
  • "Por que razão os jovens alemães, provenientes de "boas famílias" e com elevado grau de educação, praticaram em massa crimes contra a vida, contra a dignidade humana e contra a humanidade?"

A conclusão do estudo, foi simples:
  •  "Por que foram educados para obedecer."


Precisamos mesmo de contribuir para que as nossas crianças e jovens pensem pela sua cabeça, e assim se tornem responsáveis pelas suas escolhas. Mais do que ensinar, precisamos ajudá-los a descobrir o mundo. E para isso, precisamos nós de mudar, de descobrir a nossa verdadeira intenção.

«Enquanto educador(a) qual a tua relação com a desobediência? O que é que isso diz de ti? Ao educares promoves a liberdade e o igual valor ou manipulas comportamentos? Foram muitas as questões que nos tocaram na palestra de ontem sobre parentalidade consciente conduzida por @Micaela Öwen.  Fica a principal: quais as tuas verdadeiras intenções?»  
Ana Diniz,  daqui

Mia inspirou-nos. Agora encontremos a nossa intenção e passemos à ação!

Ficam algumas fotos do evento. Podem ver mais algumas  aqui.









A próxima palestra do Ciclo de Conferências da Educação é sobre o tema Comunicação Autêntica, no dia 18 de maio.